Algodão MT: Com posicionamento mais ativo na demanda, indústria têxtil reaquece a comercialização interna

Publicado em 22/01/2013 11:13
430 exibições
As compras de pluma pelas indústrias têxteis nacionais voltaram a reagir após a lentidão de 2012. Os estoques para produção têxtil andam em baixa e necessitam ser reabastecidos. As vendas nacionais neste início de ano empurraram a comercialização do algodão disponível (safra 2011/12), saindo de 80% em dezembro para 84% da produção total estimada, que é de 1 milhão de toneladas, neste mês em Mato Grosso. A evolução é razoável considerando-se o recesso das indústrias no final do ano, mas a tendência é de alta na liquidez nas próximas semanas. Já a comercialização da safra 2012/13 cresceu menos, de 49% foi para 51%, justamente por não ser prioridade dos produtores. O principal foco neste mês deve ser a conclusão do plantio. Na última semana, até dia 17 de janeiro, 47% da área prevista de 498 mil hectares foi semeada, evolução de 6 pontos percentuais nos últimos 7 dias. Em 19 de janeiro de 2012 o plantio encontrava-se 68% finalizado, atraso de 21 pontos percentuais em relação ao plantio atual, isso porque, ao contrário da última safra, a maior parte do algodão será plantada na forma de 2ª safra. Os trabalhos de 
campo poderiam ter evoluído mais nesta semana, contudo, as chuvas generalizadas em todo o Estado dificultaram as atividades das máquinas na lavoura.

Clique aqui e leia a íntegra do Boletim Semanal do Imea. 
Tags:
Fonte: Imea

Nenhum comentário