Algodão: Ampasul reforça pedido para produtores aderirem ao Programa de Sustentabilidade

Publicado em 09/10/2014 10:14 189 exibições

A Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (Ampasul) informa que este é o momento para os produtores, que ainda estão fora, aderirem aos programas de sustentabilidade desenvolvidos pela entidade em Mato Grosso do Sul.

Conforme o coordenador do programa, Marcelo Escher, iniciar o programa, exatamente no início da safra é fundamental para que se siga o ciclo completo, do georeferenciamento da área a ser plantada, até a destruição das soqueiras no final da colheita.

Participar do Programa Susetentabilidade é o primeiro passo para se chegar à certificação ABR (Algodão Brasileiro Responsável).

Em Mato Grosso do Sul, nesta safra 2013/14, de 27 propriedades com algodão, de 20 produtores, 14, de 11 produtores aderiram ao programa e dessas, 4, de 3 produtores receberam a certificação anual. A certificação é emitida pela ABNT, Agência Brasileira de Normas Técnicas. Marcelo Escher lembra que a adesão e a certificação são anuais, ou seja, em todos os anos, todos os produtores devem se inscrever, ou renovar sua inscrição.

O ABR visa unificar o protocolo de certificação de sustentabilidade na produção de algodão no Brasil, englobando ações nos três pilares: ambiental, social e econômico.

A partir da safra 2013/14, o produtor brasileiro certificado pelo programa ABR (Algodão Brasileiro Responsável) será automaticamente licenciado pela Better Cotton Initiative (BCI), iniciativa que busca garantir uma produção mundial ecologicamente correta. 

O produtor com a certificação ABR pode conseguir vantagens econômicas na hora de comercializar os seus produtos, além de ficar seguro de que está trabalhando dentro das normas ambientais, trabalhistas e econômicas. 

Para se manter os programas de sustentabilidade nas associações de produtores de algodão do Brasil, a ABRAPA, Associação Brasileira dos Produtores de Algodão realizou, no início do mês de setembro, um treinamento de coordenadores.

Reconhecimento

O Programa ABR, foi escolhido pelo MPF- Ministério Público Federal, como o melhor projeto de sustentabilidade do Brasil/2014, “na categoria de responsabilidade social”, sendo premiado entre centenas de outros excelentes projetos.

O Ministério Público Federal identifica, premia e divulga as atuações bem sucedidas, que contribuam para a defesa da Justiça, da sociedade e do estado democrático de direito.

Tags:
Fonte:
Ampasul

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário