Empresa egípcia quer vender algodão ao Brasil

Publicado em 19/01/2017 07:03
170 exibições

São Paulo – A indústria Spinalex quer exportar algodão 100% egípcio ao Brasil. Com sede na cidade de Alexandria, a empresa já teve negócios no País há alguns anos e, agora, quer retomar as vendas por aqui.

“Nosso plano de desenvolvimento envolve abrir mercados em diferentes países”, contou Najwa Hasan, gerente comercial da empresa, em entrevista por e-mail à ANBA.

Segundo Hasan, a empresa pode fazer vendas diretas aos clientes brasileiros, mas sua preferência é encontrar um agente no País para representar a marca. “Queremos abrir novos mercados e estamos buscando trabalhar com empresas brasileiras em nossos negócios”, destacou Hasan.

A Spinalex produz 118 toneladas mensais de fios de algodão, sendo que a maior parte vai para o mercado externo. “De nossa produção, 80% vai para a exportação. Nossos principais mercados são Itália, Turquia, Portugal e França”, apontou Hasan.

Segundo a executiva, a receita anual da Spinalex varia de US$ 25 milhões a US$ 30 milhões. Fundada em 1959, a Spinalex também exporta seu algodão para os mercados dos Estados Unidos e Canadá, além de outros países árabes.

Tags:
Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe

0 comentário