Algodão: Com crescimento da produção, mercado nacional seguirá mais perto do mercado internacional

Publicado em 12/07/2011 10:28 406 exibições
EXPORTAÇÕES & PREÇOS: Ao se analisar as exportações, seria mais correto dizer que os embarques da safra corrente são iniciados em julho, um mês após o início da colheita, em junho, devido ao tempo necessário para beneficiamento do algodão para exportação. Então, por este ângulo, pode-se afirmar que a média das exportações anuais (junho a julho) brasileiras de algodão em pluma é de 31,3% da produção. A média do consumo interno, no mesmo período analisado, foi de 74,2%. As médias somadas ultrapassam 100%, o que acabou resultando no ocorrido deste último ano, estoques baixos de algodão em pluma. A Conab projeta uma produção de 2,05 milhões de toneladas para esta safra. No entanto, o maior consumo histórico brasileiro da fibra foi na safra 2007/08, quando o país consumiu 968,8 mil toneladas. Caso alcance esse número novamente, o valor consumido será de 47,2% da produção de pluma. Isso significa que o volume exportado pelo Brasil certamente crescerá, como projetado pela Icac (880 mil t) e pelo USDA (1013 mil t), e certamente os preços locais irão convergir com o internacional que terá maior peso no rumo do mercado brasileiro na próxima safra.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário