Confinamento de gado no Brasil deve crescer 12% segundo Assocon

Publicado em 26/03/2012 13:45 756 exibições
O gado confinado no Brasil em 2012 poderá chegar aos quatro milhões de animais (12% a mais que o ano passado), estima a Assocon (Associação Nacional dos Confinadores). O presidente da entidade, Eduardo Moura, enxerga que essa expansão, porém, não deve ocorrer de um modo natural. Será pela redução da capacidade de produção, pela “deterioração das pastagens, pelo acontecimento das cigarrinhas e morte súbita do capim”, diz.

No país, o confinamento tornou-se opção para o pecuarista que pretende acelerar o ganho de peso dos animais para, por exemplo, atender ao mercado em época de entressafra. Assim, a mudança torna-se uma ‘saída emergencial' para enfrentar falta de alimento para o gado.

Custos - O aumento nos custos de produção para confinar não torna essa forma de criação inviável para pecuarista brasileiro. Do total de gado produzido no país, aproximadamente 10% são de confinamentos e, entre 2010 e 2011, esse volume evoluiu 17,2%.

Tags:
Por:
Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário