Boi Gordo: Negócios em ritmo lento marcam o mercado de reposição

Publicado em 11/10/2012 13:20 649 exibições
A lentidão de negócios e a fraca demanda por animais ainda são a tônica geral do mercado de reposição neste momento. A regularização das chuvas em nível nacional ainda deve ocorrer ao longo das próximas semanas. Com isso, a consequente recuperação das pastagens provavelmente acontecerá, também de maneira geral e de forma mais acentuada, entre o fim novembro e o decorrer de dezembro. Nos últimos trinta dias o preço do boi magro em São Paulo caiu 4,9% e está cotado, em média, em R$1.160,00 por cabeça, segundo levantamento da Scot Consultoria. Já o bezerro de doze meses recuou 1,3% e vale, em média, R$770,00 por cabeça. Porém, na média dos demais estados pesquisados, também neste período, houve valorizações de 1,1% e 1,6% para as categorias citadas, respectivamente. Esse quadro é semelhante ao que vem ocorrendo para o boi gordo, com os preços pressionados negativamente em São Paulo e mais firmes no panorama geral das demais praças pecuárias.
Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

1 comentário

  • Diogo Fachi Jaraguá do sul - SC

    Olá boa tarde,estou iniciando análises para investimento em ações neste setor e quero saber qual é a atual margem mínima para cada contrato de boi?Obrigado

    0