Chuva muda a paisagem e beneficia criadores de gado do sertão cearense

Publicado em 01/05/2014 12:13 453 exibições

A caatinga em Quixadá, no sertão cearense, agora tem folhas e no chão o pasto cresceu. Em Quixadá, no sertão central do Ceará, onde choveu pelo menos 400 milímetros neste ano. Por isso, os criadores do município voltam a se animar. Eles querem recuperar as perdas, já que no ano passado quase metade das 45 mil cabeças morreu por conta da seca. Com o novo cenário, Robério Junior deixa os animais no campo e poupa ração. “Esse ano o pasto está melhor”, diz o criador. 

O criador Antônio José tinha no ano passado 70 cabeças de gado. Chegou a ficar com cinco, mas já está conseguindo se recuperar. Parte do dinheiro que antes gastava com ração, agora compra animais e já está com 23. Por cabeça, ele pagou em média R$ 700, 40% mais que no ano passado, quando um animal chegou a custar R$ 500.

Veja a notícia na íntegra no site do Globo Rural

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário