Chuva beneficia pastagens no Sudeste

Publicado em 11/10/2016 07:17
52 exibições

A presença de áreas de instabilidade sobre a região central e norte do Brasil manterá a atmosfera instável nesta segunda-feira. Com isso, pancadas de chuvas poderão ser observadas em diversas localidades do Centro-Oeste, do Sudeste e do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Os volumes não serão altos, mas suficientes para permitir que ocorra um mínimo de umidade suficiente para dar condições ao desenvolvimento das lavouras de soja que vem sendo semeadas.  A tendência é de que nas próximas duas semanas as chuvas caíam de forma irregular sobre toda a região central e norte do Brasil, o que poderá levar a suspensão do plantio da soja, como já vem ocorrendo em muitas propriedades, comenta o agrometeorologista Marco Antonio dos Santos.

Culturas do café, cana de açúcar, laranja e pastagens serão beneficiadas com as chuvas o que melhora o desenvolvimento das lavouras, já que os níveis de umidade solo em boa parte do Sudeste estão baixos. Vale ressaltar, que a chuva desta semana será de fraca intensidade e há necessidade de mais chuvas ao longo do mês de outubro para que as condições se mantenham favoráveis no campo.

Na região Sul, ao longo desta semana o alerta é para temporais com bons volumes o que possibilita a elevação dos níveis de umidade do solo e garante melhores condições ao desenvolvimento de todas as culturas e até mesmo a retomada dos trabalhos dentro do campo, já que alguns produtores suspenderam o plantio do arroz, milho e soja por conta do baixo índice hídrico do solo.

Ainda haverá a necessidade de que sojicultores das regiões Centro-Oeste, do Sudeste, Rondônia, Maranhão, Tocantins, Piauí, Pará e Bahia tenham muita cautela para prosseguir com seus plantios, uma vez que as chuvas previstas para essas próximas semanas serão bastante irregulares.

Fonte: Climatempo

Nenhum comentário