Argentina volta a exportar carne bovina para os EUA; Miami é o primeiro destino

Publicado em 12/12/2018 09:31
94 exibições

O frigorífico Swift Argentina SA, controlado pelo grupo brasileiro Minerva, realizou ontem (11) a primeira exportação de carne bovina para os Estados Unidos em 17 anos. Se trata de 500kg via aérea com destino a Miami.

Em 26 de novembro, os Estados Unidos haviam formalizado a reabertura de seu mercado para o produto argentino com uma cota de 20 mil toneladas e uma taxa de US$44 a tonelada. Entretanto, para vender fora dessa cota, há um direito de exportação de 26,4%.

Embora os Estados Unidos tenham aberto em 2015, a má relação com o governo anterior da Argentina e diversos requisitos que foram impostos pelas autoridades norte-americanas atrasaram a formalização até o mês passado. A dias da visita de Donald Trump ao país por conta do G-20, a reabertura foi um gesto político para a Argentina.

"Estamos muito orgulhosos que os resultado alcançados durante o encontro de líderes do G-20 e convencidos de que é apenas o começo dessa próspera etapa da indústria de carnes", expressou Miguel de Achaval, presidente da Swift Argentina. "Sabemos que podemos aprofundar e diversificar nossos intercâmbios e esperamos seguir avançando para que nosso vínculo comercial cresça", agregou.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: La Nación

0 comentário