HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Exportações de carne bovina no Mato Grosso batem recordes históricos, aponta IMEA

Publicado em 12/11/2019 16:42
217 exibições

O Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA) destacou em seu boletim de mercado que as exportações de carne bovina do Mato Grosso bateram recordes históricos devido aumento mensal no volume exportado em outubro sendo de 28,80% para carne in natura e de 20,53% para miúdos ante o mês anterior, o que correspondeu a um montante de 35,44 mil toneladas e 2,53 mil toneladas.

Dados do MDIC ressaltam que o faturamento teve incremento mensal de 36,56% para a carne in natura e 17,84% para miúdos. Este cenário novamente foi impulsionado pela demanda chinesa, que representou 44,43% do total exportado em outubro. Assim, de jan-out/19 totalizaram-se 334,67 mil toneladas em equivalente carcaça a um valor de US$ 1,01 bilhão.

Com a oferta de animais restrita e demanda externa aquecida, as arrobas do boi e da vaca gorda fecharam a semana passada cotadas a R$ 154,89 e R$ 145,32, respectivamente. Na qual, os acréscimos semanais foram de 2,78% para os machos e 2,81% para as fêmeas.

“A oferta da proteína já começou a se restringir em MT, o que, inclusive, justifica os maiores preços na arroba e, se não houver um bom planejamento, a escassez de gado pode aumentar ainda mais e não ser suficiente para corresponder à demanda nos próximos meses”, informou o IMEA.

O instituto ainda ressaltou em seu boletim que as escalas de abate estão estagnadas desde a  semana passada, fechando em 4,91 dias. Se comparado com o mesmo período do ano passado, as programações ficaram com 2,17 dias a menos de diferença.

Bovinos e Suínos

Os impactos da peste suína na China sobre o volume e preços exportado das carcaças bovina e suíno no Mato Grosso tem apresentado cenários diferentes para os setores de ambos. As exportações destinada ao mercado chinês foram de 91,51 mil toneladas de carne bovina e apenas 5,28 mil toneladas para os suínos no acumulado de Janeiro a Outubro de 2019.

 “Mesmo com os preços mais competitivos do quilo da carne suína no mercado internacional, seu volume comercializado está 23,58% inferior ao do mesmo período do ano passado, pois o setor supre o comércio interestadual”, disse o IMEA.

Esse cenário favorece as exportações de carne bovina que têm alcançado recordes históricos e estão 6,72% superiores no mesmo período de análise. De qualquer forma, as cotações de ambas as proteínas têm seguido em alta, justificada pela demanda aquecida (independentemente do destino) e baixa oferta de animais no país.

Dados exportação Carne bovina e Suína Mato Grosso - Fonte: IMEA

Preços

Os preços nas principais regiões produtoras do Estado do Mato Grosso registraram altas na variação semanal, com base no levantamento realizado em 04 a 08 de novembro. A região Norte foi a que registrou a maior valorização, com 7,34%.

A média das referências no estado do Mato Grosso registrou um incremento de 4,77% ao longo da semana, na qual a arroba terminou a última sexta-feira (08) cotada ao redor de R$ 158,97 à vista e livre e impostos.

Variação semanal para a arroba de 04 a 08 de novembro -Fonte Imea

Confira o relatório completo AQUI

Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário