Mataboi: Frigorífico não tem previsão de retomar abates em MT

Publicado em 19/04/2011 10:22 687 exibições

O grupo frigorífico Mataboi não tem previsão de quando retomará os abates na unidade de Rondonópolis. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa que confirmou o retorno das atividades nas plantas de Araguari, em Minas Gerais, e Santa Fé, em Goiás. A empresa entrou com pedido de Recuperação Judicial por problemas financeiros. A dívida está estimada em R$ 400 milhões, sendo R$ 90 milhões somente com pecuaristas de Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo e Goiás.

A assessoria jurídica do Mataboi tem até 60 dias para apresentar o Plano de Recuperação do grupo, afirma o advogado da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Armando Biancardini. Conforme ele, a lista de credores divulgada no site da empresa não está atualizada. "Esperamos o montante oficial para ter noção dos prejuízos causados pelo Mataboi pelo não pagamento dos valores".

Nos últimos encontros realizados nos dias 12, 13 e 14 de abril entre a diretoria do Mataboi e credores de todas as categorias, a empresa destacou a necessidade da continuidade no fornecimento de animais tendo como objetivo a recuperação financeira a fim de pagar os débitos. A empresa se comprometeu a abrir diálogo com seus credores.

As reuniões ocorreram nas sedes dos sindicatos rurais de Araguari e Rondonópolis, na Câmara Municipal de Jussara (GO) e Três Lagoas (MS). Estiveram presentes nestes encontros cerca de 800 credores, além de representantes de sindicatos rurais e das associações de produtores.

Em Mato Grosso, as atividades da unidade rondonopolitana foram paralisadas no dia 21 de março. Cerca de 200 funcionários foram demitidos. Apenas na região Sul mato-grossense, mais de 200 pecuaristas estão com pagamentos em atraso. O número é estimado pelo Sindicato Rural de Rondonópolis.

Tags:
Fonte:
A Gazeta

0 comentário