Café: Estoques podem chegar a níveis críticos antes do início da colheita brasileira, diz CNC

Publicado em 27/03/2012 09:40 600 exibições
Os estoques de café podem cair a um nível crítico antes do início da colheita no Brasil, o maior produtor mundial da commodity, de acordo com informações do Conselho Nacional do Café. 

As reservas nos países exportadores do produto estavam em 17,4 milhões de sacas no início da temporada 2011/12, o menor nível já registrado. Os números foram estimados pela Organização Internacional do Café, em seu relatório de fevereiro. Já os estoques de nações importadoras somavam 22,3 milhões de sacas. 

"Os estoques de café no Brasil e nos países importadores continuam caindo e podem alcançar níveis críticos no final do período de entressafra ", afirmou Silas Brasileiro, presidente do CNC, em um boletim divulgado no úlrimo dia 23. 

Segundo estimativas do governo brasileiro, os produtores devem colher uma safra recorde que deve ficar entre 49 milhões e 52,3 milhões de sacas na safra 2012/13, ao passo que as lavouras entram em uma temporada de bianualidade positiva. 

No entanto, apesar desses déficits esperados para os estoques, os futuros do café arábica já recuaram 21% na Bolsa de Nova York este ano. A baixa se deu, segundo analistas ouvidos pela agência Bloomberg, por conta da venda antecipada por partes dos traders que já antecipavam uma safra recorde no Brasil. 

"Nós continuamos a aconselhar os produtores a terem cuidado na hora de vender neste momento de um mercado de preços baixos, aguardando por melhores oportunidades que só devem surgir no final do período de entressafra", explicou Brasileiro. 

A próxima safra brasileira de café será suficiente apenas para atender a demanda doméstica e as exportações, e não deverá gerar excessos para a temporada 2013/14, explicaram representantes do Escritório Carvalhaes. 

Com informações da Bloomberg. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário