Café: produção paranaense deve ser 20% maior do que a 2012

Publicado em 10/01/2013 12:28
852 exibições
Nesta quinta-feira (10) o Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado do Paraná o 1º levantamento para avaliar a área cultivada e o potencial de produção para safra 2013 de café. A expectativa é que a produção paranaense seja 20% maior do que a registrada em 2012. 

A previsão é que a safra de café do Paraná alcance entre 1,66 milhões e 1,82 milhões de sacas de 60 kg. Já a produtividade média tende a ser de 26,2 sacas por hectare. O levantamento foi realizado durante a segunda quinzena de novembro/12 e considerou, principalmente, a opinião dos produtores e técnicos.

O clima tem sido favorável para os cafezais até o momento. As precipitações volumosas durante os meses de junho e julho/12, e a seca nos dois meses seguintes contribuíram para uma boa florada no começo de outubro vista nas principais regiões produtoras do estado. 

Já os preços do grão seguem em pressionados para baixo no mercado físico o que faz com que os cafeicultores diminuam as comercializações à espera de cotações mais altas nos próximos meses. Diferentemente, os custos de produção permanecem elevados, o que dificulta a situação dos cafeicultores. 

Além disso, os altos preços da soja no mercado físico e internacional fizeram com que vários produtores optassem por substituir o café pela oleaginosa, o que ocasionou uma redução na área cafeeira no Paraná. 

A primeira estimativa anunciada pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) indica que a produção de café brasileira (arábica e conilon) para a safra brasileira 2013 deve atingir entre 46,98 e 50,16 milhões de sacas de 60 kg do grão. O número representa uma redução entre 7,6% e 1,3% em relação à safra anterior. O recuo é decorrente do ano de baixa bienalidade do café.
Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário