Agricultura diz aguardar comunicado do CMN sobre preço mínimo do café

Publicado em 03/05/2013 08:19 407 exibições
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento vai aguardar comunicado do Conselho Monetário Nacional (CMN) para anunciar o novo preço mínimo do café. A explicação foi dada pela assessoria de comunicação do ministério, após cancelamento da coletiva de imprensa hoje (2) na qual o ministro da Agricultura, Antônio Andrade, anunciaria o reajuste. O CMN passou a segunda e terça-feiras reunido e divulgou outras resoluções, mas o Ministério da Fazenda não confirmou o voto do preço mínimo.

O setor cafeeiro atravessa uma crise, com queda de 28,97% no preço médio da saca nos três primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2012. Atualmente, o preço mínimo da saca de café arábica está em R$ 261,69 e o da saca de café robusta, em R$ 156,57. Os produtores reivindicam que o arábica suba para R$ 340 e que o robusta fique em R$ 180. Após a elevação do preço mínimo, são aguardadas políticas de subvenção e de crédito para o café. Os cafeicultores esperam a intervenção para segurar os estoques e elevar os preços.

Tags:
Fonte:
Agência Brasil

2 comentários

  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    Dalzir, não é atoa que a balança de pagamentos está deficitária. O café deveria ser umas das prioridades e não sofrer esta política contrária, que mais parece um suicídio comercial.

    0
  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    Os cafeicultores esperavam pelo preço mínimo e ficaram frustrados, pelo menos uma consideração com a classe poderia ter sido dada com um exclarecimento coerente explicando o que acontecera,é o "mínimo" que pelo menos deveria então ser sido dado...

    0