Café vence minério em distribuição de renda nas cidades mineiras

Publicado em 13/08/2013 17:33
431 exibições

Líderes das riquezas naturais de Minas Gerais, com 60% das exportações do Estado, café e minério de ferro têm comportamentos distintos quanto ao seu impacto na economia das cidades onde são produzidos. Os cinco maiores produtores de café de Minas têm, na média, melhor distribuição de renda do que os seus equivalentes na mineração.

O Índice de Gini, que mede o grau de concentração de renda, varia de zero a 1. Quanto mais próximo de zero, menor é a concentração. No caso das cidades mineradoras, o indicador médio é de 0,53, enquanto nos municípios que produzem café ele é de 0,49.

Qualidade de vida – Mas tanto nos municípios mineradores como nos cafeeiros, a pujança econômica nem sempre se traduz em qualidade de vida do morador.

É o que revelam os dados publicados recentemente pelo Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Leia a notícia na íntegra no site do Jornal Hoje em Dia.

Tags:
Fonte: Jornal Hoje em Dia

0 comentário