Chuva de granizo atinge lavouras de café no Sul de Minas e perdas podem chegar a 80%

Publicado em 29/08/2014 12:22 e atualizado em 01/03/2020 17:21 1974 exibições

Nesta quinta-feira (28), lavouras de café na região do Sul de Minas Gerais foram atingidas por uma chuva de granizo de grandes proporções seguida de vendaval. Os municípios de Varginha e Eloi Mendes foram os mais atingidos.

Segundo o produtor rural, Fabiano Reghin Doninguetti, o granizo desfolhou os cafeeiros e em lavouras mais novas chegou a descascar o caule das plantas. Fabiano tem cerca de 300 mil pés de café e estima que pelo menos 80% foram afetados (vejam fotos abaixo). A situação também afeta a colheita, já que, os trabalhos nos campos na localidade só seriam finalizados nos próximos 15 a 20 dias, o produtor não possui seguro.

A Fazenda Panorama localizada no município de Eloi Mendes também teve sua lavoura prejudicada em decorrência das chuvas. Os pés de café que já sofriam com a seca da região foram desfolhados. (vejam fotos abaixo).

De acordo o  presidente do Sindicato Rural do município de Boa Esperança-MG, Manoel Joaquim da Costa, as chuvas podem afetar ainda mais as lavouras da região que sofrem com a seca e registram perdas na safra atual. "Tenho a informação de que a chuva foi forte e pode ter muito prejuízo para a região. Ainda não sabemos qual a quantidade de hectares que essa chuva atingiu, mas os produtores já se movimentam para quantificar as perdas", afirmou Costa ontem ao NA.

Apenas na segunda-feira as cooperativas e sindicatos da região terão um balanço das perdas.

 

Varginha-MG

(Foto: Raquel Braga)

(Foto: Raquel Braga)

(Foto: Raquel Braga)

(Foto: Raquel Braga)

(Foto: Raquel Braga)

(Foto: Raquel Braga)

 

Fazenda Panorama, em Eloi Mendes-MG

(Foto: José Roberto de Freitas)

(Foto: José Roberto de Freitas)

(Foto: José Roberto de Freitas)

(Foto: José Roberto de Freitas)

(Foto: José Roberto de Freitas)

Tags:
Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário