Café: NY opera em alta; Chuva foi irregular nas regiões produtoras

Publicado em 22/09/2014 11:25 e atualizado em 22/09/2014 13:31 535 exibições

A Bolsa de Nova York (ICE Futures US) para o café arábica registra leve alta nesta segunda-feira (22), com cobertura de posições vendidas. No entanto, no início da sessão as cotações iniciaram com recuo e apresentam intensa volatilidade. Por volta das 13h30 (horário de Brasília), o vencimento dezembro/14 registrava 178,45 cents de dólar por libra peso com 45 pontos de alta, o março/ 15 anotava 182,60 cents/lb com 40 pontos de elevação e o maio/15 tinha 185,10 cents/lb com 45 pontos positivos. O julho/15 apresentava 130 pontos de alta cotado a 187,55 cents/lb.

De acordo com o técnico da Cooxupé, Éder Santos, a florada abriu apenas nos municípios em que a chuva foi superior a 10 mm e nos cafezais com gema madura. “A chuva não foi suficiente para umedecimento do solo. Se a chuva não vier novamente a florada não vai se manter”, afirma. Neste final de semana, a região Sudeste recebeu chuvas. No entanto, os municípios atendidos pela Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé Ltda) tiveram precipitações irregulares e de baixa intensidade. O município de Campestre-MG teve a maior precipitação no sábado (20), com 20,2 mm, Caconde-SP teve 19,2 mm seguido por Cabo Verde-MG com 13,8 mm e São José do Rio Pardo que teve precipitação de 12,8 mm.Na sessão anterior, a Bolsa fechou em queda influenciada pela previsão de chuva nas principais regiões produtoras de café e a valorização do dólar ante o real. A sessão atingiu o menor patamar desde 23 de julho.

Segundo a Somar Meteorologia, as regiões produtoras de café devem receber precipitações mais expressivas no final de setembro e início de outubro.

 

Precipitações Setembro 2014 - Cooxupé

 

Tags:
Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário