Café: Indicador do robusta é recorde

Publicado em 11/02/2015 09:42

 O clima seco no Vietnã, maior produtor mundial de café robusta, tem mantido as cotações externas da variedade em alta. Segundo colaboradores do Cepea, no Brasil, a estiagem no Espírito Santo, principal estado produtor, também tem impulsionado os valores internos. Dessa forma, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6, peneira 13 acima, à vista e a retirar no Espírito Santo, foi de R$ 304,24/saca de 60 kg, na terça-feira, 11, elevação de 5,3% no acumulado do mês. Esse foi o maior valor (nominal) na série histórica do Cepea para o robusta – iniciada em 2001. Apesar da forte valorização, as negociações envolvendo a variedade seguem travadas, com produtores aguardando ainda novas altas.

Já o arábica, registrou forte desvalorização nos últimos dias. Somente de terça para segunda-feira, o Indicador CEPEA/ESALQ do café arábica tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, recuou fortes 4,03%, a R$ 463,80/saca de 60 kg no dia 11. As incertezas quanto à safra brasileira de arábica têm provocado fortes oscilações nos preços domésticos e na Bolsa de Nova York (ICE Futures), o que tem deixado produtores retraídos à espera de uma melhor definição do mercado. 

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário