Café: Chegada de chuvas paralisa colheita em algumas cidades do Sul de Minas Gerais

Publicado em 19/05/2016 15:22 e atualizado em 19/05/2016 17:18
154 exibições

Com a mudança no padrão climático no Sudeste do Brasil nos últimos dias, algumas cidades produtoras de café passaram a receber chuvas e outras já registram mais umidade por conta da chegada de precipitações. Com isso, alguns produtores do Sul de Minas Gerais precisaram paralisar os trabalhos de colheita do café, que começaram há poucos dias, para não ter problemas de qualidade com o grão já colhido. 

Segundo o produtor e diretor presidente do Conselho do Café da AMOG (Associação dos Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana), Fernando Barbosa, além de prejudicar os trabalhos no campo, a alta umidade também dificulta a secagem do grão e armazenagem. "O alerta fica para aqueles cafeicultores que estão com o café com teor de umidade acima de 15%, o ideal deve ser entre 11% e 12%", explica.

A maior umidade nos cafés, tanto no terreiro como no armazenamento, favorece a proliferação de microorganismos que comprometem a qualidade dos frutos e depreciam o produto no mercado. Ainda no terreiro, a indicação é de que o produtor faça a cobertura do café a partir da meia seca ou então utilize no período chuvoso um secador mecânico.

Mapas climáticos da Somar Meteorologia apontam que as chuvas nas principais áreas produtoras de café devem continuar nos próximos dias. Nesta sexta-feira (20), com a formação de um sistema de baixa pressão, as precipitações ficam mais intensas e generalizadas, principalmente, sobre o Paraná e São Paulo.

» Acompanhe as imagens de cinco satélites em tempo real

Em entrevista no início do mês ao Notícias Agrícolas, o meteorologista e pesquisador em Agrometeorologia e Climatologia da Embrapa Café (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e pesquisador da Epamig (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais), Williams Pinto Marques Ferreira, já havia alertado para a possibilidade de chuvas acima da média durante a colheita do café.

» Café: Com previsão de chuvas acima da média em maio, colheita pode ser prejudicada; produtores devem ficar atentos

A colheita do grão começou há poucos dias nas principais regiões produtoras do Brasil. O clima no segundo semestre do ano passado favoreceu floradas antecipadas. Além disso, o mês de abril foi mais quente e seco, favorecendo a maturação adiantada dos grãos.

Segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (19) pela Safras & Mercado, a colheita do Brasil está em 10% do total esperado, 5,63 milhões de sacas de 60 kg. A consultoria estima a produção de café nesta temporada em 56,4 milhões de sacas.

Tags:
Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário