Café: Bolsa de Nova York recua cerca de 150 pts nesta tarde de 2ª feira e se distancia de US$ 1,50/lb

Publicado em 08/08/2016 12:46
95 exibições

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com queda de cerca 150 pontos nesta tarde de segunda-feira (8) e ficam mais distantes do patamar de US$ 1,50 por libra-peso. Sem muitas novidades fundamentais, o mercado segue atento ao câmbio, mas também realiza ajustes técnicos após registrar alta moderada pela manhã.

Por volta das 12h21, o vencimento setembro/16 registrava 140,90 cents/lb com 160 pontos de queda, o dezembro/16 tinha 144,50 cents/lb com 165 pontos de recuo. Já o contrato março/17 estava cotado a 147,60 cents/lb com 170 pontos de baixa, enquanto o maio/17 anotava 149,40 cents/lb com 165 pontos de desvalorização.

Pela manhã, as cotações futuras do arábica estendiam os ganhos da sexta-feira em cerca de 100 pontos. No entanto, logo reverteram os ganhos. De acordo com o analista de mercado da Maros Corretora, Marcus Magalhães, as bolsas iniciaram a semana do lado azul da tabela com recompras de fundos sendo registradas.

O dólar comercial já oscilou dos dois lados da tabela nesta segunda-feira. Porém, passou a subir no fim da manhã e acaba dando pressão aos preços externos do arábica na ICE. Às 11h29, a moeda norte-americana subia 0,275%, vendida a R$ 3,177, repercutindo a alta nos preços do petróleo. As oscilações no câmbio influenciam nas exportações da commodity.

Na semana passada, as cotações futuras do café arábica tiveram perdas de pouco mais de 2% com o mercado realizando ajustes técnicos, acompanhando as informações sobre a colheita da safra 2016/17 do Brasil e atento ao câmbio. Na semana, o dólar acumulou queda de 2,28%.

Apesar das volatilidades externas, o mercado interno do Brasil inicia a semana com poucos negócios. A queda dos preços nas principais praças de comercialização na semana passada contribui para que os negócios fiquem ainda mais lentos. "O mercado interno do café deverá ter dia lento. Os Preços internos buscam sustentação", afirma Marcus Magalhães.

Na sexta-feira (5), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 484,60 com alta de 0,55%.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário