Na Folha: Produção interna e renda derrubam importação de cápsulas de café

Publicado em 13/09/2016 07:15
71 exibições

O que parecia impossível a curto prazo começa a ocorrer. O Brasil reduziu a dependência das importações de cápsulas de café, sensação no consumo da bebida.

Dólar valorizado, renda menor e aumento da produção interna foram os principais componentes desse recuo.

Nos oito primeiros meses deste ano, o volume das importações de café torrado e moído (a maioria acondicionada em cápsulas) caiu para 2 milhões de quilos, 27% menos do que em igual período de 2015. 

O valor das importações teve um recuo ainda maior, para US$ 35 milhões (­31%). O preço médio do quilo de café que vem de fora recuou para US$ 24, ante US$ 27 no ano passado.

Há cinco anos, o quilo de café importado via cápsulas chegava ao país por US$ 91.

Outro dado surpreendente é que a exportação sobe. Maior produtor e exportador mundial de café, o país sempre ficou fora do mercado externo de produtos que agregam valor, como torrado e moído.

Leia a notícia na íntegra no site Folha de S.Paulo.

 

Tags:
Fonte Folha de S.Paulo

Nenhum comentário