Avaliadores e degustadores ganham espaço nas fazendas de café

Publicado em 26/09/2016 13:03
81 exibições

Diante de um cenário cada vez mais concorrido e ao mesmo tempo promissor para os produtores de cafés especiais, as fazendas abrem espaço para um profissional capaz de promover o aumento de até 50% do valor agregado dos grãos. Trata-se do classificador e degustador de café com conhecimento e metodologia para avaliar o produto segundo critérios internacionais, o chamado Q- Grader (na sigla em inglês, q de qualidade). 

Desde 2012, eles têm sido mais requisitados. Com salários que podem variar de R$ 3 mil a R$ 30 mil, esses “garimpeiros de tesouros” são certificados e se antes atuavam nas empresas e nas cooperativas, agora, com a expansão dos grãos diferenciados, tornam essenciais no campo.

Leia a notícia na íntegra no site Diário do Comércio.

Fonte: Diário do Comércio

Nenhum comentário