Café: Cotações do arábica em Nova York esboçam reação e operam com leves ganhos nesta 6ª feira

Publicado em 18/11/2016 11:59
79 exibições

Na tarde desta sexta-feira (18), as cotações futuras do café na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) reverteram perdas registradas no início do pregão e operam com leves ganhos. As últimas sessões foram marcadas por ajustes técnicos, diante da falta de novidades no quadro fundamental, além de uma movimentação na rolagem de posições do contrato vencimento dezembro para o março.

Às 12h50, pelo horário de Brasília, o vencimento dezembro/16 era cotado a 159,60 cents/lb, após subir 30 pontos. O contrato março/17 anotava ganhos de 65 pontos e era negociado a 163,60 cents/lb, enquanto que maio/17 subia 15 pontos e operava a 165,45 cents/lb. Já o julho/17 estava cotado a 167,40 cents/lb e registrava valorização de 5 pontos.

Informações reportadas pela manhã pelo o analista da Maros Corretora, Marcus Magalhães, apontam que a atenção deve seguir em relação ao câmbio e às chuvas nas regiões produtoras – que contribuem para o desenvolvimento da safra 2017/2018 de café. Apesar disto, o mercado tem registrado semana de ajustes técnicos, após as fortes oscilações nas duas últimas semanas.

No Brasil, a moeda norte-americana anotava perdas de 1,08% diante do real e estava cotado a R$ 3,382 na venda. Esta é a terceira sessão consecutiva de baixas para o câmbio, após acumular alta de 8,63% com a vitória de Donald Trump à eleição nos Estados Unidos.

Em relação ao quadro climático, mapas meteorológicos apontam para chuvas generalizadas nos próximos três dias no Sudeste, com a chegada de uma frente fria. Na tarde de ontem, as precipitações chegaram a região da Mogiana, Minas Gerais e sul da Bahia.

No mercado físico, por volta das 9h30, o tipo 6 duro era negociado a R$ 551,00 pela saca de 60 quilos em Poços de Caldas (MG), com recuo de 3,50% em relação ao último fechamento. Já em Guaxupé (MG), a saca valia R$ 576,00 e em Espírito Santo do Pinhal (MG) a R$ 560,00 pela saca.

Na quinta-feira (16), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 564,63 com recuo de 0,02%.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Sandy Quintans
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário