Produção de café na Indonésia deve cair na nova safra; exportações serão afetadas

Publicado em 18/11/2016 13:13
121 exibições

Devido aos efeitos do El Niño no final de 2015, que trouxe seca para a região, a produção de café da Indonésia deve diminuir na safra 2016/17.

O escritório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em Jacarta prevê que a produção de café do país no próximo ano cairá para 8,9 milhões de sacas, em comparação com as estimativas oficiais que apontavam 10 milhões de sacas. A produção do último ano foi de 12,1 milhões de sacas.

Embora haja a previsão de que o clima úmido possa aliviar os efeitos da seca excessiva até meados de 2017, as exportações da Indonésia deverão diminuir, uma vez que há um consumo crescente frente a essa baixa produtividade.

Problemas com o tempo

Comerciantes e cafeicultores do país informaram aos funcionários do USDA que há quedas na produção de café arábica e café robusta.

A meteorologia indica que o período de julho a setembro foi mais úmido do que o normal e que as condições de umidade devem continuar. Mas ainda não está claro até que ponto isso poderá melhorar as perspectivas da produção de café na Indonésia.

Embora a chuva esteja fornecendo um alívio bem-vindo para os produtores, é a frequência, a duração e a interferência dessas chuvas na polinização que indicará como serão os rendimentos no próximo ano.

Além disso, o café indonésio é produzido, em grande parte, por pequenos agricultores, que utilizam práticas de baixo rendimento em seus produções, o que torna o produto mais exposto às condições meteorológicas.

Queda nas exportações

O consumo de café na Indonésia deve aumentar para 3,3 milhões de sacas - no ano anterior, este consumo foi de 3,1 milhões de sacas.

O consumo crescente e a baixa produtividade em 2016/17 significarão que as exportações da Indonésia - que já estão em queda - irão cair.

A estimativa é de as exportações alcancem apenas 5,5 milhões de sacas. A estimativa anterior, por sua vez, era de 6,1 milhões de sacas.

Os estoques de café também devem ser reduzidos para 84.000 sacas (estimativa anterior: 94.000 sacas).

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte:
Agrimoney

0 comentário