Café: Chuvas atrasam colheita no Vietã e qualidade também é afetada

Publicado em 13/12/2016 14:23
74 exibições

O cinturão de café nas Planícies Centrais do Vietnã, que já foi afetado pela seca, tem recebido mais chuvas ao longo da última semana. Essa condição tem prejudicado ainda mais a situação do grão na região, pois atrapalha a colheita e afeta a qualidade dos grãos.

O processo de secagem do maior produtor de café robusta do mundo tem sido prejudicado por essas fortes chuvas, afirmaram os comerciantes.

A qualidade dos grãos colhidos no final do mês de novembro pode apresentar qualidade ainda pior devido ao clima úmido e mais grãos provavelmente se deteriorarão. Como eles ainda estão em processo de secagem, as vendas dos grãos de café também foram afetadas negativamente.

Algumas unidades de processamento local têm máquinas para o processo e, dessa forma, a oferta limitada do produto está chegando ao fim. Além disso, essa é a segunda vez em cerca de um mês que as chuvas afetaram a colheita de café no Vietnã. Durante o início de novembro, as precipitações abrandaram o ritmo da colheita do café robusta.

De acordo com a meteorologia, as chuvas perduraram até quinta-feira (8), em Daklak, e podem registrar volumes acima da média dos últimos anos. Como o ritmo de secagem dos grãos diminuiram, o volume exportado também deve cair.

Em novembro, a previsão era de que cerca de metade da colheita desse ano e a esperada do ano que vem poderiam ser colhidas e comercializadas até o meio de dezembro.

De acordo com o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), a produção de café robusta do Vietnã em 2016/17 deverá ser de 26,6 milhões de sacas de 60 kg, esse número é 8% a menor do que o registrado na safra anterior.

Tradução: Jhonatas Simião

Fonte: Skymet Tempo

0 comentário