Receitas com exportação de café em Honduras sobem 219%

Publicado em 16/12/2016 09:34
48 exibições

As exportações de café em Honduras subiram 219,2% em valor e 176,7% em volume nos dois primeiros meses da safra 2016/17, isso em relação ao mesmo período de 2015, informou uma fonte da indústria. 

O país vendeu 303,52 mil sacas de 60 kg (395,90 quintais do grão de 46 kg) entre outubro do ano passado e novembro deste ano, o que representa um aumento de 176,7% em relação as 109,69 mil sacas exportadas durante os mesmos meses da colheita anterior, segundo um informe do Instituto Hondurenho de Café (Ihcafé).

As exportações somaram US$ 54,5 milhões, 219,3% a mais que no mesmo período do ano anterior, quando foram exportadas US$ 17,06 milhões.

O Ihcafé atribui a melhora nos preços das vendas de café ao exterior, o principal produto de exportação de Honduras.

O Ihcafe disse que durante os dois primeiros meses da safra de café atual, o preços do quintal (saca de 46 kg) alcançou uma média de US$ 137,69 (US$ 179,60/saca de 60 kg), no mesmo período na safra 2015/16, o preço estava cotado em US$ 121,56 dólares (US$ 158,54/saca de 60 kg). 

De acordo com os dados, a Alemanha, Estados Unidos e Bélgica foram os principais compradores do café hondurenho em outubro passado, totalizando 66,9% de todo o grão vendido. 

Atrás desses três países, vem o México, França, Reino Unido, Índia e Vietnã. 

Honduras espera para exportar 6,9 milhões de sacas durante a safra atual, por um valor de US$ 1,5 bilhão.

Na safra anterior, que começou em outubro de 2015 e terminou em setembro passado, o país exportou 5,1 milhões de sacas, totalizando US$ 843 milhões, de acordo com dados oficiais. 

A atividade cafeeira em Honduras está nas mãos de 100 mil pequenos produtores.

Tradução: Jhonatas Simião

Fonte: El Economista

0 comentário