Café: Em ajustes, cotações do arábica voltam a subir nesta 2ª feira na Bolsa de Nova York

Publicado em 19/12/2016 11:39
115 exibições

Em ajustes técnicos e acompanhando o câmbio, as cotações futuras do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com alta próxima de 50 pontos nos principais vencimentos nesta tarde de segunda-feira (19) e estendem os ganhos acumulados de mais de 2% registrados na semana passada. Apesar do avanço, os operadores externos seguem bastante atentos às condições climáticas no cinturão produtivo do Brasil.

Com essa alta, os preços externos do grão já voltaram ao patamar de US$ 1,45 por libra-peso. Por volta das 12h18, horário de Brasília, o contrato março/17 anotava alta de 65 pontos, cotado a 143,10 cents/lb, o maio/17 subia 55 pontos e operava a 145,35 cents/lb. Já o vencimento julho/17 registrava 148,00 cents/lb com 100 pontos de valorização, enquanto o setembro/17 anotava alta de 75 pontos, cotado a 149,55 cents/lb.

"Os futuros subiram recentemente com compras sendo realizadas devido as oscilações do câmbio. No entanto, as ideias são de que a produção de arábica na América Latina será forte", explicou em relatório ontem (15) o analista e vice-presidente da Price Futures Group, Jack Scoville. Na sessão de hoje, o câmbio também contribui para o avanço nas cotações do arábica.

Às 11h49, o dólar comercial caía 0,54%, vendido a R$ 3,372, acompanhando as informações externas em um dia marcado por baixo volume de negócios. Na semana passada, a moeda estrangeira teve alta acumulada de 0,52%. No ano, há queda de 14,12%. As oscilações no câmbio impactam diretamente as exportações da commodity. Em novembro, as exportações de café do Brasil somaram 3,07 milhões de sacas de 60 kg, segundo reportou o Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil). Em comparação com o mesmo período de 2015, houve uma queda de 12,2%.

Acompanhando o otimismo dos operadores em relação à próxima da safra do Brasil, o câmbio e a movimentação dos fundos no mercado, os preços externos do arábica na ICE fecharam a semana passada com alta acumulada de 2,22%. O vencimento março/17, referência de mercado, saiu de 139,35 cents/lb na semana passada e fechou a 142,45 cents/lb na sexta-feira (16).

Colaboradores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da ESALQ/USP) informaram que as negociações da variedade arábica continuam limitadas na semana pasada, com produtores aguardando maiores valorizações e uma definição mais clara do mercado.

No mercado físico, por volta das 09h15, o tipo 6 duro era negociado a R$ 520,00 pela saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis em R$ 500,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) a R$ 522,00.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário