Café: Previsões apontam que Outono deve ser de chuvas dentro da média em MG e abaixo no ES; temperaturas ficam mais altas

Publicado em 30/03/2017 11:16 414 exibições

Café cereja com chuva

Durante todo o Outono há probabilidade de temperaturas acima da média para todo o Brasil - Foto: Agência Minas Gerais

O Outono – que compreende o período de 20 de março até 21 de junho – já com começou no Brasil e, segundo apontam as previsões climáticas, deve favorecer a cafeicultura no país que é o maior produtor e exportador da commodity no mundo. Nesse período, marcado pelo início da colheita do grão e crescimento das plantas para a próxima safra, o estado de Minas Gerais deverá apresentar chuvas dentro da normalidade.

No Espírito Santo, estado que enfrenta condições climáticas adversas nos últimos anos e é o maior produtor da variedade conilon no Brasil, há probabilidade de que ocorram chuvas pouco abaixo da média no trimestre de abril a junho na região cafeeira das Matas de Minas. Já na Bahia, há maior probabilidade de chuvas abaixo da média.

"Na atual safra, com bienalidade de baixa produção, muitos cafezais já estão com frutos maduros devido à ocorrência de uma florada precoce que ocorreu no inverno passado. Por agora, os cafeicultores devem estar atentos para que possam realizar uma boa colheita de café, "repassando" quando necessário a lavoura, devido principalmente à incidência de broca já identificada em algumas áreas, em função, principalmente, das altas temperaturas que têm ocorrido nos últimos meses", reportou em informativo o meteorologista e pesquisador em Agrometeorologia e Climatologia da Embrapa Café (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e da Epamig (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais), Williams Pinto Marques Ferreira.

Ainda de acordo com o informativo da Epamig, durante toda a Estação Outono, há a probabilidade de que as temperaturas ocorram acima da média para todo o Brasil, principalmente para os estados de Minas Gerais, maior região produtora de café do país, e toda a região Norte e Nordeste. "O Outono é uma estação de transição climática entre o Verão e o Inverno, logo as temperaturas tendem a ser amenas nessa estação. Todavia, há entre 60% a 70% de probabilidade de que as temperaturas ao longo da estação ocorram acima da média para todo o estado do Espírito Santo, assim como para Minas Gerais", afirma Ferreira.

Por serem perenes, no mesmo tempo que estão prontas para colheita, as plantações de café também estão em pleno crescimento vegetativo para a próxima safra.

A colheita expressiva do café no Brasil deve começar nos próximos meses. A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) estima que a safra do Brasil neste ano deve ficar entre 43,65 e 47,51 milhões de sacas de 60 kg, somadas as espécies arábica e conilon.

A produção de café arábica - que domina o plantio das lavouras no país, representando 80% do total produzido - deve encolher entre 19,3 e 12,7%. Estima-se que sejam colhidas entre 35,01 e 37,88 milhões sacas por conta da bienalidade. Já a de conilon, está estimada entre 8,64 e 9,63 milhões de sacas, com um crescimento esperado de 8,1 a 20,5% comparado à safra de 2016.

Chuvas em abril no cinturão produtivo

Para o mês de abril, as previsões climáticas apontam há probabilidade de que as chuvas ocorram abaixo da média no período no Norte de Minas, Jequitinhonha, Vale do Mucuri e na região da Zona da Mata Mineira, bem como na parte Sul do Espírito Santo.

Já na região do Sul de Minas e a parte mais a Oeste do Triângulo Mineiro, assim como a região de Campinas e Ribeirão Preto, em São Paulo, apresentam probabilidade de que as chuvas ocorram pouco acima da média histórica do período.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário