Bicho mineiro: Com olhar para próxima safra, cuidado com uma das principais pragas do cafeeiro deve começar

Publicado em 22/05/2018 12:20

LOGO nalogo

A colheita da safra 2018/19 de café já começou em diversas regiões produtoras do Brasil, no entanto, com olhar para a próxima temporada, que já tende a ser de bienalidade negativa na maioria das regiões, os cuidados com uma das principais pragas do cafeeiro, o bicho mineiro, já deve começar. O inseto reduz entre 30% e 40% a produtividade das lavouras.

"Apesar da expectativa de uma safra menor, a preocupação com essa praga é sempre muito alta porque ela é devastadora. Os cuidados no solo começam na maioria das regiões entre novembro e dezembro, enquanto que nas folhas vão de abril a maio", explica Fábio Maia, gerente de Marketing da Bayer para Frutas e Vegetais, Café, Citrus e Tabaco.

Até pouco tempo, o manejo da praga precisava ser feito com dois produtos distintos, uma para as folhas e outro para o solo. No entanto, após quase 15 anos de pesquisas, a Bayer acaba de lançar um inseticida único no mercado com foco para o café, o Sivanto Prime 200SL, com ação diferenciada, que age dentro do sistema nervoso do inseto.

"Não existe nenhum produto no mercado com esta tecnologia. Obtivemos resultados expressivos quando o Sivanto foi aplicado na planta. Se compararmos o manejo sem o inseticida, tínhamos 17% de folhas com minas vivas, que, depois da aplicação, identificamos a redução de quase 100% dessas minas", afirma Maia. Os testes foram realizados em cerca de 50 áreas nas regiões do Cerrado Mineiro, Mogiana e Alta Paulista.

Premissas de sustentabilidade também foram fortemente levadas em conta na formulação do produto. "Sempre seguindo as recomendações do engenheiro agrônomo e constantes em bula para a sua aplicação, o produto não oferece risco ao meio ambiente e insetos benéficos, isto é, aos inimigos naturais do cultivo, como joaninhas e vespas, que fazem a predação natural no café", pontua o executivo.

O bicho mineiro é uma das principais pragas do cafeeiro e é um inseto que se instala nas folhas da planta, causando uma considerável perda delas, que ficam desidratadas, secas e fracas, trazendo enormes prejuízos para os cafeicultores. Como a safra no próximo ano tende a ser menor, todos os cuidados devem ser tomados pelos produtores.

O Sivanto Prime 200SL já está à venda e também pode ser utilizado em outras culturas além do café, como citrus, tabaco e couve.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário