Café: Após testar alta, Bolsa de Nova York volta a cair com otimismo do mercado com oferta nesta 5ª

Publicado em 07/03/2019 12:25
242 exibições

LOGO nalogo

Os futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) recuam mais de 50 pontos nesta tarde de quinta-feira (07) depois de iniciarem o dia em alta. O mercado volta a repercutir o otimismo com a oferta de café com boas exportações dos produtores.

Por volta das 12h13 (horário de Brasília), o vencimento maio/19 caía 50 pontos, cotado a 98,20 cents/lb. Já o vencimento julho/19 perdia 50 pontos, a 100,80 cents/lb e o setembro/19 tinha desvalorização de 55 pontos, a 103,45 cents/lb.

O mercado do arábica na ICE chegou a iniciar a sessão desta quinta-feira em alta com movimento de ajustes ante a queda da véspera de cerca de 100 pontos. No entanto, as cotações voltaram a cair acompanhando o otimismo do mercado com a oferta.

O site internacional Barchart destacou que o otimismo do mercado com a oferta de café também se elevou depois e o Rabobank, um dos principais bancos especializados de commodities, anunciou que a safra 2019/20 de café do Brasil pode atingir 57,6 milhões de sacas.

Divulgações da Colômbia também repercutiram no dia. A Federação de cafeicultores do país apontou aumento de 14,4% nas exportações em fevereiro e um salto de 2,5% na colheita do primeiro bimestre de 2019. Na semana passada, as altas exportações do Brasil também pesaram sobre as cotações.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 406,00 a saca de 60 kg em Guaxupé (MG) e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 392,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário