Café arábica volta a cair nesta tarde de 4ª na Bolsa de NY, mas segue em 90 cents/lb

Publicado em 24/04/2019 12:12
166 exibições

LOGO nalogo

Os futuros do café arábica voltaram a registrar perdas nesta tarde de quarta-feira (24) na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado repercute o forte avanço do dólar ante o real, além de ainda seguir o otimismo com a oferta.

Por volta das 11h57 (horário de Brasília), o contrato maio/19 recuava 30 pontos, cotado a 91,20 cents/lb e o julho/19 caía 25 pontos, a 93,00 cents/lb. Já os lotes com vencimento para setembro/19 perdiam 20 pontos, negociado a 95,50 cents/lb.

Depois de leve reação na véspera, o mercado do arábica volta para o lado vermelho em grande parte pressionado pelas oscilações cambiais. Às 12h06, o dólar comercial subia 1,21%, a R$ 3,970 na venda, após admissibilidade da reforma da Previdência.

"Um real mais fraco [dólar mais valorizado] estimula as exportações dos produtores de café do Brasil", destacou o site internacional Barchart. Além do câmbio, operadores também ainda seguem acompanhando a oferta e safra do Brasil.

"O mercado está preocupado com grandes suprimentos, especialmente no Brasil e a baixa demanda", destacou em relatório o vice-presidente da Price Futures Group, Jack Scoville. A colheita da safra 2019/20 já começou no cinturão brasileiro.

Leia mais:
» Colheita de café do Brasil já acontece em todas as regiões, diz Cepea

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 386,00 a saca de 60 kg em Guaxupé (MG) e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 371,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícia Agrícolas

0 comentário