Café arábica sobe mais de 250 pts nesta tarde de 4ª feira em NY com foco no Brasil

Publicado em 11/09/2019 12:29
737 exibições

LOGO nalogo

Os contratos futuros do café arábica operam com alta de mais de 250 pontos nesta tarde de quarta-feira (11) na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado repercute as preocupações dos operadores com a safra 2020/21 do Brasil.

Por volta das 12h23, o vencimento dezembro/19 tinha alta de 270  pontos, a 104,30 cents/lb e o março/19 anotava 107,75 cents/lb com avanço de 275 pontos. O maio/19 anotava 110,05 cents/lb com ganhos de 275 pontos.

O site internacional Barchart destaca que o mercado na ICE segue seu rally com máximas de uma semana nesta quarta-feira diante das preocupações com a cultura no Brasil, maior produtor e exportador da variedade arábica no mundo.

Empresas de meteorologia destacam que áreas produtoras de café arábica no Brasil estão há três meses sem receber volumes expressivos de chuva. A safra 2020/21 está em desenvolvimento depois de floradas recentes.

Para os próximos sete dias, mapas de previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) não apontam chuvas volumosas para áreas do cinturão brasileiro nos próximos dias. Apenas localidades do Norte, Sul e pontos litoral Nordestino é que terão precipitações.

O Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil) informou na véspera que as exportações totais de café do Brasil em agosto totalizaram 3,2 milhões de sacas de 60 kg, com um decréscimo de 9,5% em relação ao mesmo período de 2018, quando houve safra maior

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 444,00 a saca de 60 kg em Guaxupé (MG) e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 420,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário