Café arábica exibe ligeiras altas nesta tarde de 6ª na Bolsa de Nova York após queda na véspera

Publicado em 20/09/2019 12:24 e atualizado em 10/10/2019 17:19
154 exibições

LOGO nalogo

As cotações futuras do café arábica operam com leves altas nesta tarde de sexta-feira (20) na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). O mercado oscila dois dois lados da tabela com informações dos últimos dias de câmbio e safra brasileira.

Por volta das 12h19, os lotes com  vencimento para dezembro/19 subiam 55 pontos, cotados a 98,90 cents/lb e o março/20 anotava 102,35 cents/lb com avanço de 40 pontos. O contrato maio/20 anotava 104,65 cents/lb com 40 pontos de valorização.

O mercado do arábica na ICE iniciou o dia em alta, mas chegou a cair mais cedo. Operadores assimilam as informações sobre a safra 2019/20 de café do Brasil, mas também seguem as oscilações do dólar ante o real, fator que impacta as exportações.

Às 12h22, o dólar comercial registrava queda de 0,11%, cotado a R$ 4,158 na venda. A moeda estrangeira mais baixa tende a desencorajar as exportações da commodity, mas em compensação dá suporte aos preços externos.

Diversas áreas produtoras de café  no país estão sem chuva há meses e enfrentam altas temperaturas. Esse cenário ocorre em um momento de proximidade das principais floradas da safra 2020/21. As atenções também estão voltadas para a ferrugem.

"A situação das lavouras está ficando bastante complicada... Se não tivermos precipitações até o final da próxima semana a situação fica muito catastrófica", afirma o engenheiro agrônomo e pesquisador da Fundação Procafé, Alysson Fagundes.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 435,00 a saca de 60 kg em Guaxupé (MG) e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 420,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Carlos Rodrigues

    O café vale hoje metade !!! só mesmo uma catástrofe natural para corrigir a situação instalada ...

    0