Nova York segue andando de lado nesta 4ª, sem grandes movimentações

Publicado em 25/03/2020 13:39
190 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica segue operando com movimentações técnicas nesta quarta-feira (25). Após duas sessões de altas consecutivas o mercado opera agora com realização de lucro. 

Por volta das 13h37 (horário de Brasília), maio/20 subia 120 pontos, sendo negociado por 126,80 cents/lbp, julho/20 te, alta de 35 pontos, negociado por 125,75 cents/lbp, setembro/20 registrava valorização de 35 pontos, valendo 125,80 cents/lbp. 

O pregão abriu o dia com quedas nos principais contratos, mas volta se recuperar minimizando as perdas no início da tarde. "Fator positivo para o café arábica é a força do real em relação ao dólar. O real hoje está em alta de + 0,68% em relação ao dólar, recuperando-se ainda mais do mínimo recorde da quarta-feira passada, de 5,2523 reais / USD. Um real mais forte desencoraja as vendas de exportação pelos produtores de café do Brasil", destacou o site Barchart em sua análise diária. 

Confira como fecharam as cotações no mercado interno: 

O tipo 6 duro teve alta de 4,39% em Guaxupé/MG, valendo R$ 595,00. Poços de Caldas/MG registrou valorização de 0,86%, negociado por R$ 585,00.Araguarí/MG teve valorização de 5,36%, estabelecendo os preços por R$ 590,00. Varginha/MG teve alta de 1,77%, valendo R$ 575,00. 

O tipo cereja descascado subiu 4,92% em Guaxupé/MG, valendo R$ 640,00. Patrocínio/MG teve alta de 4,17%, valendo R$ 625,00. Poços de Caldas/MG registrou valorização de 1,54%, valendo R$ 660,00. 

O tipo 4/5 teve valorização de 0,85% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 595,00. Varginha/MG subiu 1,74%, negociado por R$ 585,00 e Franca/SP manteve a estabilidade por R$ 620,00.  

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário