Quarta-feira termina com valorizações expressivas para o café em NY

Publicado em 25/03/2020 16:40 e atualizado em 25/03/2020 17:21
580 exibições
Mercado iniciou pregão sem muitas movimentações, mas virou no início da tarde voltando a registras altas

LOGO nalogo

Após iniciar o dia com poucas movimentações na Bolsa de Nova York (ICE Future US), os contratos futuros de café arábica encerraram a sessão desta quarta-feira (25), mais uma vez com altas expressivas nos principais contratos. O aperto entre ofera e demanda tem sustentado os preços em Nova York, além das incertezas que sondam o mercado por conta do Coronavírus. 

Maio/20 teve alta de 435,00 pontos, valendo 129,95 cents/lbp, julho/20 subiu 355 pontos, negociado por 128,95 cents/lbp, setembro/20 teve valorização de 350 pontos, valendo 128,95 cents/lbp e dezembro/20 encerrou com valorização de 360 pontos, valendo 129,20 cents/lbp. 

O cenário tem sido positivo para o setor do café desde o início desta semana, mesmo com a pandemia do Coronavírus infuenciando movimentações de quedas em algumas commodities. Analistas apontam que o café é diferenciado neste momento porque há muita incerteza sobre os embarques dos grãos nos próximos meses e principalmente por toda a demanda mundial passar por um momento de aperto entre oferta e damanda. 

"Os preços do café têm suporte das notícias da semana passada de que a pandemia de coronavírus interrompeu a classificação em armazéns aprovados pelo ICE, o que levou a ICE Exchange a dizer que não pode mais garantir que o processo de amostragem e classificação seja concluído a tempo da expiração do Contratos futuros de café de maio", destacou ainda o site internacional Barchart em sua análise diária. 

No Brasil, o mercado físico também registrou variações nesta quarta-feira. 

O tipo 6 duro teve alta de 0,85% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 590,00. Patrocínio/MG teve alta de 2,61%, negociado por R$ 590,00. Em Varginha/MG a valoriação foi de 4,35%, encerrando o pregão de R$ 600,00.

O tipo 4/5 teve alta de 4,27% em Varginha/MG, negociado por R$ 610,00. Poço de Caldas/MG teve valorização de 0,84%, negociado por R$ 600,00. Franca/SP manteve a estabilidade por R$ 620,00. 

O tipo cereja descascado teve alta de 5% em Varginha, negociado por R$ 630,00. Patrocínio/MG teve valorização de 2,40%, valendo R$ 640,00 e Poços de Caldas/MG teve valorização de 1,52%, valendo R$ 670,00. 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário