Café inicia sessão com altas, entressafra e pouco café no mercado mantêm valorização

Publicado em 07/04/2020 10:04 262 exibições

LOGO nalogo
O mercado futuro do café arábica abriu a sessão desta terça-feira (7) com valorização dos principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Os números acima de 300 pontos chamam atenção, mas analistas destacam que o compartamento pode ser considerado típico do mercado do café neste momento. 

Por volta das 10h02 (horário de Brasília), maio/20 tinha alta de 390 pontos, valendo 120,55 cents/lbp, julho/20 registrava valorização de 350 pontos, negociado por 121,40 cents/lbp, setembro/20 registrava aumento de 335 pontos, valendo 122,30 cents/lbp e dezembro/20 subia 325 pontos, negociado por 123,45 cents/lbp.

O analista Haroldo Bonfá, da Pharos Consultoria, destaca que o mercado continua apresentando volatilidade e os preços não ultrapassam as barreiras de 110 e 120 cents/lbp ao final dos dias. Diante do cenário do Coronavírus, o mercado do café ainda não sentiu impactos de maneira severa e a falta de café no mercado nesta entressafra, o aumento de consumo da bebida em casa e a expectativa da nova safra seguem sustentando os preços em Nova York. 

Na sessão de segunda-feira, o dólar foi o responsável por manter os contratos em patamar positivo, após iniciar o pregão com baixas nos principais vencimentos.  O real subiu em relação ao dólar na segunda-feira, com sinais de que o Banco Central do Brasil pode estar perto de intervir nos mercados de câmbio em apoio ao real.

Mercado Interno 

No Brasil, o mercado físico operou próximo da estabilidade, apesar de registrar movimentações em algumas das principais produtoras do país. 

O tipo 6 duro teve alta de 1,72% em Patrocínio/MG, negociado por R$ 590,00. Varginha/MG teve alta de 1,75%, negociado por R$ 580,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 590,00, assim como Poços de Caldas/MG que não registrou variações, mantendo o valor de R$ 580,00.

O tipo 4/5 teve alta de 0,85% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 595,00. Varginha/MG registrou alta de 1,72%, negociado por R$ 590,00. Franca/SP manteve a estabilidade por R$ 590,00. 

O tipo cereja descascado teve alta de 1,68%, em Varginha/MG, sendo negociado por R$ 605,00. Patrocínio/MG registrou valorização de 1,59%, negociado por R$ 640,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 635,00. 

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário