Após dois dias de quedas intensas, café inicia pregão buscando recuperação nos principais contratos

Publicado em 22/04/2020 09:47 e atualizado em 22/04/2020 10:21 269 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica iniciou o pregão desta quarta-feira (22) registrando altas nos principais contratos de referência, recuperando parte das perdas das duas últimas sessões, motivadas pelo petróleo que viveu dois dias de pânico no setor internacional. 

Por volta das 9h45 (horário de Brasília), maio/20 registrava alta de 225 pontos, valendo 111,90 cents/lbp, julho/20 tinha alta de 110 pontos, negociado por 112,60 cents/lbp, setembro/20 registrava a mesma desvalorização, valendo 113,80 cents/lbp e dezembro/20 tinha alta de 90 pontos, negociado por 115,50 cents/lbp. 

Nas duas últimas sessões a Bolsa de Nova York (ICE Future US) encerrou com quedas significativas para os principais contratos. O mercado passa por um momento de pouco café disponível para negociação, mas ainda assim foi atingido pelas fortes quedas do petróleo. 

Além da queda motiviada pelo petróleo, o site internacional Barchart, na análise da última sessão, destacou uma nova projeção para a produção de café. "A venda de fundos explodiu no futuro do café com a perspectiva de um superávit global de café depois que a Sucden Financial projetou hoje um superávit global de café de 2,9 milhões de sacas em 2020/21, recuperando-se acentuadamente de um déficit global projetado para 2019/20 de -5,5 milhões de sacas em 2019", afirmou o site. 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário