Sexta-feira inicia com baixas para o café em NY, indicando volatilidade já esperada pelo setor

Publicado em 24/04/2020 09:13 e atualizado em 24/04/2020 10:10 165 exibições

LOGO nalogo

Os contratos futuros do café arábica iniciaram o pregão desta sexta-feira (24) com baixas para os principais contratos. O mercado abre em queda, após encerrar a última sessão com valorização tanto em Nova York, como no mercado físico brasileiro. 

Por volta das 09h11 (horário de Brasília), maio/20 registrava baixa de 220 pontos, valendo 108,85 cents/lbp, julho/20 teve queda de 180 pontos, negociado por 110,50 cents/lbp, setembro/20 registrou baixa de 200 pontos, valendo 111,30 cents/lbp e dezembro/20 tinha baixa de 195 pontos, valendo 112,95 cents/lbp.

A semana para o mercado do café foi marcada por duas quedas expressivas, motivadas pela baixa do petróleo. Analistas destacam que apesar das baixas registradas em algumas sessões, o cenário ainda continua positivo para o café mesmo com a pandemia do Coronavírus, mas que mesmo com dias positivos baixas podem acontecer, sentindo assim os impactos do mercado financeiro global. 

A cafeicultura, segundo Carlos Augusto de Melo - presidente da Cooxupé, neste momento enfrenta sim problemas pontuais com a logística por conta da pandemia, mas que os demais setores envolvendo o setor não registrou grandes transtornos nem para o preço, nem para os trabalhos envolvendo o mercado. A tendência, inclusive, é que os preços continuem positivo para o café. 

Mercado Interno - Última sessão 

O tipo 6 duro teve alta de 1,71% em Poços de Caldas/MG, sendo cotado por R$ 595,00. A mesma variação foi registrada em Patrocínio/MG, que estabeleceu os preços também por R$ 595,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 585,00 e Araguarí/MG manteve por R$ 590, valor também mantido em Varginha/MG. 

O tipo 4/5 teve alta de 1,68% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 605,00. Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 600,00 e o mesmo valor foi mantido em Franca/SP. 

O tipo cereja descascado teve alta de 1,48% em Poços de Caldas, valendo R$ 685,00. Patrocínio/MG registrou alta de 1,57%, negociado por R$ 645,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 630,00 e Varginha/MG manteve o valor de R$ 625,00. 

>>> Veja mais cotações aqui

 

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário