Café: Consumo na Rússia tem alta de 12% e dá suporte aos preços em NY nesta 5ª

Publicado em 14/05/2020 16:09 e atualizado em 15/05/2020 06:21 714 exibições
Segundo dados da RusTeaCoffee divulgados hoje, é a primeira vez que o café ultrapassa o chá em consumo no país

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica encerrou com valorização para os principais contratos nesta quinta-feira (14), na Bolsa de Nova York. As cotações voltam a subir após sessões de baixas ou poucas movimentações no exterior. 

Julho/20 registrou alta de 165 pontos, valendo 106,70 cents/lbp. Setembro/20 teve alta de 160 pontos, valendo 107,95 cents/lbp, dezembro/20 teve valorização de 155 pontos, negociado por 109,80 cents/lbp e março/21 subiu 145 pontos, valendo 111,65 cents/lbp. 

Em meio à pandemia do Coronavírus, dados do consumo da bebida na Rússia divulgados nesta quinta-feira (14) ajudaram a dar suporte aos preços em Nova York. De acordo com o site internacional Barchart, o consumo da bebida aumentou na Rússia em 2019 e pela primeira vez ultrapassou o consumo de chá. De acordo com a análise, o consumo teve um aumento de 12% no ano passado.  Os dados são da Associação RusTeaCoffee.  

Os estoques do Brasil estão quase vazios neste momento de entressafra e o mercado aguarda pela entrada da nova safra. Segundo a Cooxupé, no Sul de Minas Gerais - principal área de produção de café, os trabalhos de colheita começaram na semana passada e mesmo com as previsões de chuvas para os próximos dias, a tendência é que a colheita seja feita sem maiores problemas. 

No Brasil, o mercado físico acompanhou o exterior e também finalizou com valorização nas principais produtoras do país. 

O tipo 6 duro teve alta de 0,83% em Guaxupé/MG, valendo R$ 607,00. Poços de Caldas/MG registrou valorização de 0,85%, negociado por R$ 595,00. Patrocínio/MG registrou alta de 0,84%, por R$ 600,00. Varginha/MG registrou valorização de 0,86%, valendo R$ 585,00.

O tipo 4/5 teve alta de 0,83% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 605,00. Varginha/MG teve valorização de 0,85%, valendo R$ 595,00 e Franca/SP manteve a estabilidade por R$ 620,00. 

O tipo cereja descascado registrou alta de 0,78% em Guaxupé/MG, valendo R$ 650,00. Poços de Caldas/MG teve alta de 0,74%, negociado por R$ 680,00. Patrocínio/MG teve valorização de 0,78%, valendo R$ 650,00 e Varginha/MG recebeu aumento de 0,79%, valendo R$ 635,00.

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário