Café finaliza 1º pregão do mês sem grandes variações em NY e no BR

Publicado em 03/08/2020 16:52 461 exibições
Previsão de clima estável ajuda a pressionar os preços nos dois mercados

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica abriu as movimentações de agosto com quedas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Os preços do café iniciaram o pregão com quedas, mas as perdas recuaram no início da tarde mesmo após os dados da exportação da Costa Rica serem divulgados. 

Setembro/20 registrou queda de 105 pontos, valendo 117,90 cents/lbp, dezembro/20 registrou baixa de 110 pontos, negociado por 120,50 cents/lbp, março/21 teve baixa de 85 pontos, valendo 122,30 cents/lbp e maio/21 registrou baixa de 70 pontos, valendo 123,20 cents/lbp. 

"Os preços do café na segunda-feira se estabilizaram. O café arábica caiu de uma alta de 3-1 / 4 mês e fechou em baixa devido à fraqueza do real brasileiro. O real caiu -1,77% na segunda-feira, para uma baixa de duas semanas em relação ao dólar. Um real mais fraco incentiva as vendas de exportação dos produtores de café do Brasil", destacou o site internacional Barchart em sua análise diária. 

Ainda de acordo com a publicação, os preços do café no mercado futuro voltaram a cair nesta segunda-feira (3) com o aumento da oferta depois que o Instituto Costarriquenho de Café informou que as exportações de café da Costa Rica em julho saltaram para 139.022 sacas, representando um aumento de 13%. 

>>> Pesquisadora de MG sequencia genoma do vírus do café e alerta produtores sobre doença "invisíve​

Além disso, os preços do café também sofreram pressão descendente com a previsão de chuvas abaixo do normal nas regiões produtoras de café do Brasil, o que poderia acelerar o ritmo da colheita de café. No Brasil, o mercado físico finalizou com preços estáveis ou com valorização nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve valorização de 0,84% em Guaxupé/MG, valendo R$ 597,00. Araguarí/MG registrou valorização de 6,25%, estabelecendo os preços por R$ 595,00. Poços de Caldas/MG teve queda de 0,85%, valendo R$ 585,00, Varginha/MG manteve os preços por R$ 600,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,79% em Guaxupé/MG, valendo R$ 640,00, Poços de Caldas/MG registrou baixa de 0,68%, valendo R$ 725,00. Patrocínio/MG manteve o valor de R$ 620,00 e Varginha/MG manteve o valor de R$ 650,00.

>>> Veja mais cotações aqui

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário