Café: Mercado reage e volta a operar acima dos 115 cents/lbp em NY

Publicado em 13/08/2020 12:20 721 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica passou a operar com valorização para os principais contratos e no início da tarde desta quinta-feira (13) as valorizações ultrapassavam os 300 pontos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Às 12h19 (horário de Brasília), setembro/20 tinha alta de 340 pontos, valendo 115,45 cents/lbp, dezembro/20 subia 320 pontos, negociado por 117,45 cents/lbp, março/21 tinha alta de 305 pontos, negociado por 119,55 cents/lbp e maio/21 registrava alta de 290 pontos, valendo 120,40 cents/lbp.

Também por volta deste horário, o dólar registrava queda de 1,56% e era cotado por R$ 5,37 na venda. O dólar em baixa dá suporte de alta na Bolsa.  

>>> Dólar tem queda ante real após ganhos recentes

As cotações voltam apresentar valorização após encerrar as útimas sessões com desvalorizações motivadas pelo clima. Haroldo Bonfá, analista da Pharos Consultoria, comenta que a partir de agora o mercado volta as atenções para as condições do clima na florada, que tem como característica acontecer em setembro no sul de Minas Gerais. 

Vale lembrar que há quatro meses as chuvas ficam abaixo do esperado na região, conforme indica os dados da Cooxupé. Em entrevista realizada no Notícias Agrícolas, na quarta-feira, o presidente Carlos Augusto Rodrigues de Melo destacou que ainda é cedo para avaliar os impactos, mas que o período de estiagem já está no radar da cooperativa. 

As previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam que na próxima semana, uma frente fria em atuação em São Paulo pode devolver as condições de chuvas para o extremo sul de Minas Gerais, com precipitação entre 20 e 30 mm. A expectativa é saber se o sistema conseguirá romper os bloqueios e avançar para as demais áreas do estado. 

 

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário