Café anda de lado e com quedas técnicas, mas mantém cotações acima dos 115 cents/lbp em Nova York

Publicado em 19/08/2020 13:42 233 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica passou a operar com quedas técnicas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado realiza um dia de realização de lucros após encerrar o último pregão com valorização acima dos 300 pontos. 

Por volta das 13h40 (horário de Brasília), setembro/20 teve queda de 105 pontos, negociado por 118,25 cents/lbp, dezembro/20 registrou baixa de 200 pontos, negociado por 119,05 cents/lbp, março/21 registrava queda de 190 pontos, valendo 120,95 cents/lbp e maio/21 tinha desvalorização de 190 pontos, valendo 121,80 cents/lbp.

Segundo os modelos mais recentes do Instituto Nacional de Meteorologia, a massa de ar frio deve atingir o Sudeste entre quinta e sexta-feira (21), inclusive no sul de Minas Gerais. Produtores de café acompanham as previsões de perto em um momento que a colheita se encaminha para a reta final. 

Também por volta deste horário, o dólar registrava valorização de 0,40% e era cotado por R$ 5,49 na venda. O dólar mais alto pode pressionar os preços para baixo na Bolsa.   Em contrapartida, os valores encorajam as exportações. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo. 

Mercado Interno - Última sessão 

"O mercado físico brasileiro apresentou-se firme, comprador, o valor das ofertas subiu, e mesmo com os diferenciais alargados nas novas vendas para o exterior, saíram negócios. Mesmo assim muitos produtores resolveram aguardar melhores preços em reais", afirma Carvalhaes referente ao último regão no Brasil. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 3,39% em Varginha/MG, negociado por R$ 610,00. Guaxupé/MG registrou alta de 1,68%, valendo R$ 607,00, Poços de Caldas/MG registrou valorização de 2,56%, negociado por R$ 600,00, Araguarí/MG teve alta de 1,67%, negociado por R$ 610,00, Franca/SP registrou alta de 2,54%, valendo R$ 605,00.

O café tipo cereja descascado teve alta de 2,10% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 730,00, Varginha/MG registrou alta de 2,40%, negociado por R$ 640,00 e Guaxupé/MG teve alta de 1,56%, negociado por R$ 650,00. Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 625,00 e Campos Gerais/MG manteve o valor de R$ 658,00.

>>> Veja mais cotações aqui 
 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário