Café volta a subir mais de 300 pontos após nova baixa nos estoques

Publicado em 25/08/2020 13:42 802 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica voltou a subir de maneira mais expressiva no pregão desta terça-feira (25) na Bolsa de nova York (ICE Future US). "Os preços do café esta manhã estão mais altos com a queda dos estoques. Os estoques de café arábica monitorados pela ICE na segunda-feira caíram para uma baixa de 1,318 milhão de sacas", destacou o site internacional Barchart em sua primeira análise do dia. 

Por volta das 13h40 (horário de Brasília),setembro/20 registrava alta de 305 pontos, valendo 123,30 cents/lbp, dezembro/20 subia 320 pontos, valendo 123,35 cents/lbp, março/21 tinha valorização de 305 pontos, valendo 124,90 cents/lbp e maio/21 registrava alta de 300 pontos, valendo 125,70 cents/lbp. 

>>> Veja mais cotações aqui 

Também por volta deste horário, o dólar registrava recuo de 0,05% e era cotado por R$ 5,59 na venda. O dólar em queda pode ser mais um suporte de alta para os preços na Bolsa. Mesmo com a ligeira queda, os valores são positivos para as exportações. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo. 

 "Após a passagem da frente fria, os operadores aguardam a abertura de floradas e também como se comportarão clima e  chuvas no decorrer de setembro", afirma o analista de mercado Eduardo Carvalhaes. 

Mercado Interno - Última sessão

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 0,81% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 610,00. Franca/SP registrou valorização de 0,82%, negociado por R$ 615,00. Guaxupé/MG manteve o valor por R$ 617,00, Patrocínio/MG manteve o valor por R$ 595,00, Araguarí/MG manteve o valor por R$ 600,00 e Varginha/MG manteve o preço por R$ 620,00.

O tipo cereja descascado teve baixa de 0,75% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 665,00. Guaxupé/MG manteve o valor de R$ 650,00. Patrocínio/MG manteve o valor de R$ 645,00 e Varginha/MG manteve o valor de R$ 660,00.

Leia Mais:

+ Conilon no Oeste Paulista: Pesquisa tem bons resultados para produtividade, localização e clima na região

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário