Café continua andando de lado nesta 5ª feira; valorização do dólar ajuda manter quedas técnicas na Bolsa

Publicado em 17/09/2020 12:52 268 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica, no início da tarde desta quinta-feira (17), continuava operando com poucas variações na Bolsa de Nova York (ICE Future US).  O mercado mantém as cotações com estabilidades, aguardando pelas chuvas no final de semana nas áreas do café. 

Por volta das 12h50 (horário de Brasília), dezembro/20 tinha queda de 140 pontos, valendo 118,45 centts/lbp, março/21 registrava baixa de 120 pontos, valendo 120,35 cents/lbp, maio/21 tinha baixa de 115 pontos, valendo 121,75 cents/lbp e julho/21 registrava queda de 115 pontos, negociado por 123,05 cents/lbp. 

"A partir do sábado, uma frente fria traz a primeira chuva típica da primavera às áreas de café do Paraná e Alta Paulista. No dia seguinte, a precipitação também alcançará a Mogiana, sul de Minas Gerais e de forma parcial o Cerrado, Zona da Mata e Espírito Santo", destacou Eduardo Carvalhaes em sua análise diária. 

Também por volta deste horário, o dólar registrava alta de 0,23% e era cotado por R$ 5,25 na venda. O dólar em alta tende a pressionar os preços na Bolsa de Nova York. Em contrapartida, os valores são positivos para as exportações. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo.

"O dólar era negociado em alta contra o real nesta quinta-feira, devolvendo parte das perdas da véspera à medida que os operadores reagiam à decisão do Copom de manter a taxa Selic na mínima histórica de 2%, enquanto uma mensagem decepcionante do Federal Reserve abalava o apetite por risco no exterior", destacou a agência Reuters

Mercado Interno - Última sessão 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 6,78% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 550,00, Guaxupé/MG registrou queda de 1,75%, valendo R$ 562,00. Patrocínio/MG teve desvalorização de 1,79%, negociado por R$ 550,00, Araguarí/MG encerrou com baixa de 1,75%, negociado por R$ 560,00. Franca/SP terminou com estabilidade, valendo R$ 550,00.

O tipo cereja descascado teve baixa de 6,25% em Poços de Caldas/MG, negociado por R$ 600,00. Guaxupé/MG encerrou com queda de 1,63%, valendo R$ 605,00, Patrocínio/MG teve baixa de 1,64%, valendo R$ 600,00. Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 650,00 e Campos Gerais/MG também finalizou sem variações, valendo R$ 627,00.

>>> Veja mais cotações aqui 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário