Café abre andando de lado: falta de chuva em Minas Gerais pode movimentar preços nesta 2ª

Publicado em 28/09/2020 09:23 669 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica abre a semana sem grandes variações para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 09h18 (horário de Brasília), dezembro/20 tinha queda de 15 pontos, valendo 113,50 cents/lbp, março/21 registrava baixa de 20 pontos, negociado por 115 cents/lbp, maio/20 tinha queda de 20 pontos, valendo 116,40 cents/lbp e julho/21 registrava queda de 5 pontos, valendo 117,85 cents/lbp. 

A falta de chuvas em Minas Gerais, maior área de produção do país, volta a preocupar o setor. Os modelos meteorológicos mais recentes indicam chuvas para o Sudeste brasileiro apenas no dia 10 de outubro, o que deve aumentar o estresse da planta. Vale lembrar que a Fundação Procafé já classificou a estiagem de 2020 como uma das mais severas dos últimos anos e que a nova safra já começa com potencial de baixas a produção. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também iniciou as negociações sem grandes mudanças nos preços. Janeiro/21 tinha queda de US$ por tonelada, valendo US$ 1368, março/21 registrava queda de US$ 7 por tonelada, valendo US$ 1382, maio/21 tinha baixa de US$ 8 por tonelada, valendo US$ 1395 e julho/21 também tinha desvalorização de US$ 8 por tonelada, negociado por US$ 1409.

Também por volta deste horário, o dólar registrava queda de 0,47% e era cotado por R$ 5,53. O dólar em queda pode dar suporte de alta para os preços na Bolsa. 

Mercado Interno - Última sessão 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 2,33% em Guaxupé/MG, valendo R$ 572,00, Franca/SP teve valorização de 1,29%, negociado por R$ 550,00. Poços de Caldas/MG manteve a estabilidade por R$ 530,00, Patrocínio/MG manteve o preço por R$ 540,00, Araguarí/MG manteve o valor de R$ 545,00 e Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 555,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 2,16% em Guaxupé/MG, valendo R$ 615,00. Poços de Caldas/MG encerrou com alta de 1,72%, valendo R$ 590,00, Varginha/MG registrou alta de 4,24%, negociado por R$ 615,00. Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 590,00 e Campos Gerais/MG manteve o valor por R$ 608,00.

>>> Veja mais cotações aqui

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário