Café: Nova York segue operando com estabilidade, enquanto setor aguarda pelas chuvas

Publicado em 14/10/2020 13:29 176 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica segue operando com estabilidade para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado anda de lado após encerrar a última sessão com valorização acima de 100 pontos no exterior. 

Por volta das 13h26 (horário de Brasília), dezembro/20 tinha queda de 40 pontos, valendo 109,70 cents/lbp, março/21 tinha baixa de 35 pontos, valendo 112,25 cents/lbp, maio/21 tinha queda de 50 pontos, negociado por 113,60 cents/lbp e julho/21 registrava queda de 55 pontos, negociado por 115 cents/lbp.

Durante o final de semana prolongado algumas chuvas pontuais foram registradas em Minas Gerais. "A situação de nossos cafezais é a cada dia mais preocupante. Continuamos recebendo diariamente relatos de cafeicultores das mais importantes regiões produtoras dando como certo perdas grandes para a próxima safra 2021/2022", destacou o analista Eduardo Carvalhaes. 

Segundo as previsões meteorológicas mais recentes, chuvas mais expressivas devem voltar acontecer a maior região produtora do país, levando alívio ao produtor de café que enfrenta o déficit hídrico mais severo dos últimos anos. De acordo com o NOAA, o estado mineiro pode receber volumes acima dos 100 mm nos próximos sete dias. Os modelos também sinalizam condição de chuvas para o Mato Grosso do Sul, indo de encontro com as previsões do modelo Cosmo para os próximos dias. 

"O café arábica está mais fraco hoje, já que as previsões meteorológicas atualizadas indicam chuvas nas regiões produtoras de café do Brasil", também destacou o site internacional Barchart em sua primeira análise do dia. 

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário