Publicidade

Café: Após subir mais de 200 pts, NY recua com leve alta do dólar e encerra com poucas variações

Publicado em 03/11/2020 16:50 e atualizado em 04/11/2020 05:30 304 exibições
Mercado segue atento ao furacão Eta que pode atingir a área cafeeira de Honduras

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica, que chegou a registrar altas acima de 200 pontos para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US) minimizou os ganhos e encerrou o dia com valorização técnica para os principais contratos no exterior. 

Dezembro/20 teve alta de 65 pontos, valendo 103,45 cents/lbp, março/21 teve valorização de 70 pontos, negociado por 106,05 cents/lbp, maio/21 subiu 70 pontos, negociado por 107,820 cents/lbp e julho/21 também teve valorização de 70 pontos, valendo 109,50 cents/lbp. 

Os contratos chegaram a subir de maneira mais expressiva nesta terça-feira (3), motivadas pelo dólar em queda durante o pregão e também pelas preocupações com a chegada do furacão Eta em Honduras. "O dólar fechou em alta contra o real nesta terça-feira, com a cautela em relação ao cenário fiscal doméstico ofuscando o apetite global por ativos de risco em meio à precificação de uma vitória democrata nas acirradas eleições norte-americanas", destacou a agência Reuters. 

Segundo o analista de mercado Fernando Maximiliano, da StoneX, o mercado segue atento à evolução do furacão Eta que, segundo a Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA), pode atingir Honduras nesta semana. "Pode atingir áreas cafeeiras, provocar problemas com infraestrutura e logística", afirma Fernando. O especialista destaca ainda que a produção hondurenha está em fase de desenvolvimento dos frutos, com previsão de pico da colheita em dezembro. 

Na última segunda-feira (2), a Secretaria Nacioonal de Gestão de Riscos e Contingências (Copeco) de Honduras, emitiu vários alertas verde, amarelo e vermelho para todo o país. "As Prefeituras Municipais devem começar a realizar as evacuações obrigatórias nas áreas de risco sob Alerta Vermelho. Os capitães de navios são obrigados a cumprir as restrições da Marinha Mercante e buscar refúgio para suas tripulações", afirmou a publicação. 

Além do câmbio e do furacão, o café também teve suporte aos números divulgados nesta terça-feira pela Organização Internacional do Café. "(OIC) reduziu hoje sua estimativa de superávit global de café de 2019/20 para 1.244 milhões de sacas, ante uma estimativa anterior de 1.538 milhões de sacas", destacou o site internacional Barchart em sua análise diária. 

Publicidade

No Brasil, o dia foi de estabilidade para as principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 1,38% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 515,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 568,00. Patrocínio/MG manteve por R$ 540,00, Araguarí/MG manteve o valor de R$ 560,00 e Varginha/MG manteve a negociação por R$ 575,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 1,25% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 565,00. Guaxupé/MG manteve a cotaçõr por R$ 610,00, Patrocínio/MG manteve o valor de R$ 590,00, Varginha/MG manteve por R$ 620,00 e Campos Gerais/MG manteve a estabilidade por R$ 608,00.

Já o café tipo conilon encerrou o dia com desvalorização na Bolsa de Londres. Janeiro/21 teve queda de US$ 15 por tonelada, valendo US$ 1327, março/21 registrou baixa de US$ 11 por tonelada, valendo US$ 1340, maio/21 teve queda de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1353 e julho/21 encerrou com baixa de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1370.

O mercado de café conilon segue acompanhando as condições do clima no Vietnã, que foi atingido na semana passada pelo tufão Molave. Caso as chuvas continuem intensas no país asiático, a colheita no maior produtor de conilon pode atrasar em até um mês e impactar diretamente a qualidade do café vietnamita. Além disso, a Agência Nacional de Meteorologia do Vietnã disse na segunda-feira que as Terras Altas Centrais deverão receber de 10% a 20% mais chuva do que a média de longo prazo neste mês.

>>> Veja mais cotações aqui

 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário