Publicidade

Nova York, Londres e Brasil finalizam com estabilidade para o café nesta 4ª feira

Publicado em 23/12/2020 16:45 e atualizado em 25/12/2020 10:21 221 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica teve mais um dia de estabilidade para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Março/21 teve alta de 35 pontos, valendo 124,55 cents/lbp, maio/21 teve valorização de 30 pontos, negociado por 126,45 cents/lbp, julho/21 também registrou valorização de 30 pontos, negociado por 128 cents/lbp e setembro/21 teve alta de 30 pontos, valendo 129,45 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também encerrou com estabilidade. Janeiro/21 teve alta de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1359, março/21 teve baixa de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1378, maio/21 teve queda de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1387, julho/21 também teve queda de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1401 e setembro/21 encerrou com baixa de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 1417.

Os preços no mercado futuro voltam a subir, ainda que de maneira técnica, após encerrar o último pregão com quedas para as principais referências. Em ritmo de final de ano, os negócios estão mais lentos em um momento em que o produtor e operadores esperam para saber o real impacto da seca para a safra 21 do Brasil. 

>>> Ainda sem saber o tamanho do impacto da seca, produtor de café participa menos do mercado futuro

Publicidade

"Os compradores encontram poucos vendedores interessados em vender nas bases de preço atuais. As ideias de preços dos cafeicultores continuaram bem acima dos preços oferecidos no mercado. O mercado físico brasileiro entrou em ritmo de final de ano", destacou o analista de mercado Eduardo Carvalhaes em sua última análise. 

Segundo análise do site internacional Barchart, problemas de oferta estão apoiando os preços do café, enquanto a preocupação de que restrições mais rígidas da Covid reduzirão a demanda de café é negativa para os preços.

No Brasil, o dia também foi de estabilidade nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 bedida dura bica corrida teve alta de 0,66% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 610,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 638,00, Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 615,00, Araguarí/MG manteve o valor de R$ 630,00 e Varginha/MG manteve a negociação por R$ 640,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,60% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 670,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 690,00. Patrocínio/MG manteve a negociação por R$ 665,00 e Varginha/MG manteve o valor de R$ 700,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário