Após iniciar com valorização, café recua e opera com baixas em Londres e Nova York

Publicado em 15/03/2021 13:19 e atualizado em 15/03/2021 13:53
Alta do dólar pressiona preços no mercado futuro

LOGO nalogo

Após iniciar o dia com valorização, o mercado do café arábica passou a operar com baixas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US).  O setor cafeeiro segue atento às condições da safra 21 do Brasil, e principalmente com o avanço da vacinação contra a Covid-19 em importantes polos consumidores como Estados Unidos e Inglaterra.

Por volta das 13h15 (horário de Brasília), maio/21 tinha queda de 125 pontos, valendo 131,75 cents/lbp, julho/21 registrava queda de 115 pontos, negociado por 133,80 cents/lbp, setembro/21 operava queda de 115 pontos, valendo 135,75 cents/lbp e dezembro/21 registrava baixa de 95 pontos, valendo 137,95 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também opera com baixas. Maio/21 tinha queda de US$ 14 por tonelada, valendo US$ 1389, julho/21 tinha baixa de US$ 13 por tonelada, negociado por US$ 1414, setembro/21 tinha baixa de US$ 13 por tonelada, valendo US$ 1433 e novembro/21 registrava baixa de US$ 13 por tonelada, negociado por US$ 1450. 

Também por volta deste horário, o dólar registrava valorização de 1,53% e era cotado por R$ 5,65 na venda. O dólar em alta tende a dar suporte de queda para os preços na Bolsa. 

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário