Publicidade

Café sobe mais de 300 pontos com falta de chuva e chegada de frio intenso no Brasil

Publicado em 25/06/2021 12:03 673 exibições
Previsão para próxima semana é de declínio nas temperaturas no parque cafeeiro e mercado reage

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica segue operando com valorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). De acordo com Haroldo Bonfá, analista da Pharos Consultoria, as altas desta sessão acontecem devido ao tempo que continua muito seco no Brasil e a previsão de frio no parque cafeeiro na próxima semana. 

Por volta das 11h57 (horário de Brasília), setembro/21 tinha valorização de 360 pontos, negociado por 157 cents/lbp, dezembro/21 registrava alta de 370 pontos, valendo 159,80 cents/lbp, março/22 tinha valorização de 370 pontos, negociado por 162,55 cents/lbp e maio/22 registrava alta de 330 pontos, negociado por 163,45 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também mantém valorização. Setembro/21 tinha alta de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1660, novembro/21 registrava alta de US$ 5 por tonelada, negociado por US$ 1674, janeiro/22 tinha alta de US$ 1 por tonelada, negociado pór US$ 1681 e março/22 tinha alta de US$ 7 por tonelada, valendo US$ 1695.

Publicidade

De acordo com as previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), uma massa de ar frio entra no Brasil a partir de domingo, derrubando as temperaturas de norte a sul. Nas áreas cafeeiras, Paraná, São Paulo e Minas Gerais têm previsão de declínio de mais de 10ºC, com risco de geada moderada no Paraná e intensidade fraca em São Paulo e Minas Gerais. 

Leia Mais:

+ Onda de ar frio derruba as temperaturas de norte a sul na próxima semana: Atenção para geadas no Centro-Sul do Brasil

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário